Rede Jornalistas das Periferias

SaoPaulo /

30 horas: esse foi o período em que Diego Moreira Morais foi mantido em cárcere. Mas para quem está convicto de sua inocência, é tempo suficiente para compreender e se revoltar com o controle do Estado brasileiro sobre corpos negros. Preso em sua casa no Jardim Rosana (Capão Redondo) na manhã de uma quinta-feira (19 de outubro), quando voltava da escola onde termina o ensino fundamental – o CIEJA Campo Limpo -, o jovem de 23 anos foi solto na tarde do dia seguinte – e acaba de entrar para as estatísticas da seletiva justiça verde e amarela.

Leia mais na matéria do Periferia em Movimento: http://wp.me/p5NMGr-2YG

#ContraOgenocídio
#Encarceramento
#PeriferiaEmMovimento

Otros posts

Rede Jornalistas das Periferias

Caribe /

#AOVIVO: Acompanhe a coletiva de imprensa de lançamento do projeto “Campos Elíseos Vivo”. Os participantes apresentam uma proposta de intervenção urbanística e social que leva em [...]

Rede Jornalistas das Periferias

Caribe /

Confira a abertura da Mostra de Literatura Negra Ciclo Contínuo. Na atividade de abertura, Marciano Ventura, Ciclo Contínuo Editorial e o escritor Oswaldo de Camargo iniciam o debate “Paula [...]

Rede Jornalistas das Periferias

Caribe /

827.995 abordagens entre janeiro e novembro do ano passado. E, durante o tempo em que você lê esse texto, a Polícia Militar do Estado de São Paulo deve enquadrar em média 16 pessoas na capital [...]